SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE CAMPINAS
SÍGA-NOS
NOTÍCIAS
04/10/2018

04 de Outubro: STMC Saúda o Agente Comunitário de Saúde pelo seu dia!

Conheça as reivindicações dos ACSs.


Hoje, 04 de Outubro, é dia do Agente Comunitário de Saúde (ACS) e o STMC saúda todos/as ACSs, servidores/as fundamentais para o bom desenvolvimento do segmento de saúde no Brasil. É através do trabalho do ACS, de integração entre os serviços da Atenção Primária à Saúde (APS) e a comunidade, que doenças e são prevenidas, epidemias e endemias são evitadas e controladas e os cidadãos são orientados. As atividades de Agente Comunitário de Saúde visam complementar, na casa do paciente, os atendimentos feitos no Sistema Único de Saúde (SUS).
 
Apesar do trabalho do ACS ser fundamental para a nossa sociedade, a categoria não é valorizada pelo Governo, pois enfrenta diariamente a desvalorização e precariedade no trabalho.
 
Em Campinas o STMC está na luta pela revisão do piso salarial; pelo pagamento da insalubridade para todos/as os ACSs’; pelo direito do Vale Alimentação quando houver afastamento por doença ou gestação; pela valorização desses servidores/as através da implantação do Plano de Cargos e Carreiras, entre outras reivindicações.
 
O STMC também apoia as reivindicações dos ACSs em nível Nacional, como o aumento do piso salarial, garantia da insalubridade e a realização de cursos técnicos.
 
Conheça algumas das atribuições dos ACSs, conforme a Política Nacional de Atenção Básica:
 
- desenvolver atividades de promoção da saúde, de prevenção das doenças e agravos e de vigilância à saúde, por meio de visitas domiciliares e de ações educativas individuais e coletivas nos domicílios e na comunidade, por exemplo, combate à dengue, malária, leishmaniose, entre outras, mantendo a equipe informada, principalmente a respeito das situações de risco;
 
- trabalhar com adscrição de famílias em base geográfica definida, a microárea;
 
- cadastrar todas as pessoas de sua microárea e manter os cadastros atualizados;
 
- orientar as famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis;
 
- realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea;
 
- acompanhar, por meio de visita domiciliar, todas as famílias e indivíduos sob sua responsabilidade. As visitas deverão ser programadas em conjunto com a equipe, considerando os critérios de risco e vulnerabilidade de modo que famílias com maior necessidade sejam visitadas mais vezes, mantendo como referência a média de uma visita/família/mês;
 
- desenvolver ações que busquem a integração entre a equipe de saúde e a população adscrita à Unidade Básica de Saúde, considerando as características e as finalidades do trabalho de acompanhamento de indivíduos e grupos sociais ou coletividade.




Fonte: STMC

faceBTN
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
«1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12»
SÍGA-NOS
ENDEREÇO: Rua José Teodoro de Lima, 49 - Cambuí - Campinas - SP FONE: (19) 3236-0665